sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Você sabe para onde vai seu eletôrico descartado? Deveria...

O Empa (Laboratório Federal para Ciência e Tecnologia de Materiais da Suíça) registrou os principais centros de reciclagem informal de lixo eletrônico em 11 países do mundo (leia AQUI), em um esforço para chamar a atenção sobre os perigos da contaminação causados pelo processo.

O chefe do departamento científico da instituição, Mathias Schluep, disse à BBC Brasil que os países do oeste da África são os principais receptores de eletroeletrônicos europeus e norte-americanos de segunda mão, parte dos quais se transforma rapidamente em lixo.

Veja AQUI as fotos de lugares onde é feita a reciclagem clandestina do lixo eletrônico no mundo.  

O transporte do lixo eletrônico, proibido internacionalmente, é feito de maneira clandestina para países africanos e asiáticos misturado a carregamentos de eletrônicos de segunda mão importados de países desenvolvidos.

Em Gana, um dos principais receptores de eletrônicos europeus de segunda mão na África, testes feitos em uma escola próxima a um centro de reciclagem informal mostraram níveis de chumbo, cádmio e outros poluentes cerca de 50 vezes acima dos níveis considerados seguros.


Na China e na Índia, os maiores países receptores e recicladores de lixo eletrônico na Ásia, trabalhadores realizam --manualmente e sem proteção-- a separação de metais de placas de circuito, que liberam resíduos tóxicos no solo e nos rios.

O Empa estima que, em 100 mil celulares, há cerca de 2,4 kg de ouro, mais de 900 kg de cobre e 25 kg de prata, que valeriam mais de US$ 250 mil (R$ 430 mil) se fossem completamente recuperados.

Veja AQUI o vídeo A história dos eletrônicos, que mostra como são feitos e como terminan os eletrônicos usados por nós no dia a dia. É importante que demos um destino correto aos que já estão obsoletos, mas mesmo assim, nunca saberemos realmente o destino que fodado a eles.

Um comentário:

filosofo disse...

muito interessante seu blog e este post em particular.visite atitude-critica.blogspot.com