sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Só mais um post...hehehe!

No dia 31 vote 13: Não deixe que a direita retorne ao poder


Este é, provavelmente, o último post até o dia da eleição.

Vou fezer feriadão... mas vou votar 13, na Dilma, é claro.

Então, se tudo correr como eu espero, somete dia 3 de novembro voltarei a escrever e, com muita esperança, falando sobre a vitória da Dilma.

Vamos continuar buscando votos. Pois o que ganha eleição é voto e não intenção de voto.

Mesmo que as pesquisas sejam favoráveis a Dilma, não podemos dizer que ela já ganhou.

Ao contrário, nada está decidido.

Um abraço a todos e um bom voto... no 13

Vote Dilma, para o Brasil seguir mudando!

Em caminhada, FHC perde sola do sapato e diz: ‘Fiz tudo o que Serra pediu’

Hoje, durante caminhada pró-José Serra (PSDB) nas ruas do dentro de São Paulo (AQUI), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse nesta sexta-feira, 29, que fez tudo o que o candidato do partido a presidente pediu na campanha.

“Tudo o que ele (Serra) pediu, eu fiz”, afirmou, ao ser perguntado sobre a participação na campanha tucana.

Com o alto índice de rejeição do ex-presidente, o Zé tratou de esconder FHC da sua campanha. Ao contrário de Lula, que aparece colado a Dilma, Fernado Henrique Cardoso, inclusive foi para a Europa, tirar umas "férias".

Somente em uns poucos momentos, os que foram mais restritos, é que FHC participou.

FHC acompanhou a manifestação da militância até o Viaduto do Chá, na capital paulista, onde perdeu a sola de um dos sapatos que calçava. Questionado sobre se eram “percalços” da campanha, FHC brincou: “Assim que é bom, gastar sola de sapato.”

Lula inaugura primeira plataforma comercial do pré-sal: O Brasil no rumo certo


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (AQUI) nesta quinta-feira a primeira estrutura definitiva de produção comercial do campo de petróleo de Tupi, o maior reservatório do pré-sal, na Bacia de Santos.

Na abertura do navio-plataforma Cidade de Angra dos Reis, que permanecerá a 300 quilômetros da costa do Rio, Lula afirmou que o evento marca "o começo de uma nova era" no Brasil.

De acordo com o presidente, as realizações da Petrobras são "a prova mais contundente de que o brasileiro é capaz, de que o brasileiro é inteligente, não é de segunda classe".

"Essa é a razão maior do nosso orgulho, mais do que o carnaval, mais do que o futebol", acrescentou Lula. "A Petrobras é a certeza e a convicção de que este país será uma grande nação."

A plataforma Cidade de Angra dos Reis já está programada para produzir em escala comercial, mas o processo só começa a partir de 2011, após a declaração de comercialidade do reservatório, prevista para 31 de dezembro.

Zé Baixaria é terrorista? Acho que não, Ele só é fujão...



Segundo a propaganda apócrifa de baixaria do Zé, Dilma é pintada como "terrorista".

Dilma lutou contra a Ditadura Militar do Brasil, que durou 26 anos e prendeu, torturou e matou milhares de brasileiros que, como a Dilma, queriam livrar o nosso País do jugo dos militares.

Mas o que o PIG (Partido da Imprensa Golpista) e a opsição se esquecem é que, José Serra, também foi condenado, mesmo tendo fugido para o Chile, à revelia por atos de terrorismo.



Serra também foi julgado, à revelia, pela Justiça Militar, e condenado a três anos de prisão por “fazer publicamente propaganda de processos violentos para a subversão da ordem política ou social”.

Os arquivos do Deops indicam que Serra era acompanhado pelos serviços de segurança antes de mesmo do golpe de 1964.

Eleito presidente da UNE em julho de 1963, o tucano participou ativamente do movimento de apoio ao ex-presidente João Goulart e resistência ao golpe militar. Seu dossiê no Deops – um grande resumo dos principais relatórios feitos pelo departamento sobre a sua atuação – mostra como os agentes da inteligência seguiam suas atividades, consideradas “subversivas”.

Leia matéria completa AQUI

Quer dizer, o argumento de que Dilma não pode ser presidente por ser "terrorista", o que ela nunca foi, serve também para o Zé, o que ele, também, não foi.

O que aconteceu é o seguinte: o Zé, na verdade, é um FUJÃO...

Fugiu do Brasil para não ser preso pela Justiça Militar...

Fugiu da Prefeitura de São Paulo para se candidato a Governador...

Fugiu do governo do Estado de São Paulo para ser canditato a presidente...

Que coisa heim?

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Morre Nestor Kirchner: como será a Aregentina daqui para frente?

Cristina Kirchner abraça marido ao final de greve em Buenos Aires; presidente esteve ao lado do marido até o fim

O ex-presidente da Argentina Néstor Kirchner (2003-2007), que morreu nesta quarta-feira após uma parada cardíaca, era considerado o político mais poderoso do país, e muitos asseguravam que ele estava por trás de cada uma das decisões da atual mandatária, a sua mulher Cristina Fernández de Kirchner.

Leia AQUI 

Foi o responsável por liderar a recuperação da Argentina da crise de 2001-02, a pior de sua história, promovendo um forte crescimento econômico. Devido a isso, muitos argentinos o veem como um presidente que lutou contra a pobreza e o desemprego.

À frente da Argentina, o ex-presidente costumava fazer discursos inflamados de retórica esquerdista e críticas abertas a rivais políticos, empresas privadas e ao Fundo Monetário Internacional.

Patrocinou ainda uma política de direitos humanos que buscou pôr atrás das grades os repressores da ditadura militar.

De agora em diante, Cristina Kirchner, certamente enfrentará muitas dificuldade além do já enfrentava. Com Nestor, Cristina tinha um esteio, um porto seguro que lhe dava sustentação política.

Leia as repercussões na Aregentina AQUI e AQUI em espanhol.

CNT/Sensus: Dilma tem 51,9% das intenções de voto, Serra, 36,7%

Nesta contagem regressiva para o dia da eleição em segundo turno, nada melhor que uma pesquisa fevorável. Vencer é vencer, mesmo que seja por um voto. Assim, segundo a opesquisa CNT/Sensus, divulgada hoje (leia AQUI), 

"a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, tem 51,9% das intenções de voto, contra 36,7% de seu adversário, o tucano José Serra, segundo pesquisa CNT/Sensus divulgada na manhã desta quarta-feira.

A vantagem de Dilma para Serra aumentou de cinco pontos percentuais da pesquisa anterior, na semana passada, para 15,2 pontos agora. No levantamento anterior, Dilma tinha 46,8% e Serra, 41,8%.

Ao se considerar somente os votos válidos - o que exclui nulos e brancos e se redistribui os indecisos proporcionalmente -, Dilma tem 58,6% e Serra, 41,4%. A rejeição à candidata petista caiu de 35,2% da pesquisa anterior para 32,5%. Já a rejeição a Serra subiu de 39,8% para 43%.

O levantamento, com margem de erro de 2,2 pontos porcentuais, foi feito com dois mil eleitores, entre os dias 23 e 25 de outubro, em 136 municípios e foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 37609/2010".

Ontem a noite, o Jornal Nacional, divulgou pesquisa DafaFolha (leia AQUI), que mostra estabilidade nas intenções de voto. "A candidata petista à Presidência, Dilma Rousseff, manteve 12 pontos percentuais de vantagem sobre seu adversário no segundo turno das eleições, o tucano José Serra, segundo pesquisa realizada e divulgada hoje pelo Datafolha. Ela aparece com 56%, contra 44% do tucano. O resultado, em votos válidos, é idêntico ao registrado no último levantamento do instituto, realizado no dia 21".

Mas uma eleição somente se ganha com votos, e não com intenções de votos. Temos de estar e mobilizados de todas as formas para que elejamos a Dilma.

No dia 31 vote 13 

Os abutres estão a espreita: Em editorial, Financial Times diz que 'Serra é melhor escolha para presidente'

Em editorial (leia AQUI) o FT diz que o melhor presidente, para eles, é claro, seria o Zé.

Não vou ficar mostrando os motivos do FT aqui, mas eles são claríssimos:

Diminuição do Estado.

Abretura do capital (privatizações) da empresas públicas (Petrobrás, por exemplo)

Fim das relações amistosas com Velezuela, Cuba, Irã.

Mas, ainda bem, que estes abutres da riqueza brasileira, vão ficar querendo.

Dia 31 vote 13

Lula, uma unanimidade nacional: somente 3% não o aprovam



Hoje é o aniversário do Lula

De presente, o teu povo te abraça e consagra: 83% de aprovação.

VIVA O BRASIL, UM PAÍS DE TODOS!!!

FELIZ ANIVERÁRIO LULA!

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Até quando a Humanidade vai permitir a prisão de Gaza?



Leia AQUI que a Organização das Nações Unidas condena o confinamento de mais de um milhão e meio de palestinos na Faixa de Gaza. Israel não permite que suprimentos e combustíveis chegue a população.

"El relator de la ONU para los derechos humanos de los palestinos en los territorios ocupados dijo este jueves que si bien el bloqueo de Gaza se ha suavizado un poco, la población sigue siendo víctima de castigos colectivos por parte de Israel.

Richard Falk señaló que el objetivo de deslegitimar a Hamas, argumento esgrimido por el gobierno israelí no es fundamento jurídico para negar alimentos, insumos médicos, combustibles y materiales de construcción a los habitantes de la Franja.

Agregó que el confinamiento de un millón y medio de personas sin que se les conceda permiso de salida excepto en raras ocasiones, las priva de sus derechos básicos".

Para entender o conflito, leia AQUI

Até quando as autoridade mundiais vão deixar isso acontecer?
 
Em maio deste ano Israel abriu fogo em águas internacionais contra um barco que levava ajuda humanitária aos palestinos (leia AQUI), matando 16 e ferindo 30 ativistas. 

Será um novo escândalo do Zé?: Resultado de licitação do metrô de São Paulo já era conhecido seis meses antes

Leia AQUI que, a Folha soube seis meses antes da divulgação do resultado quem seriam os vencedores da licitação para concorrência dos lotes de 3 a 8 da linha 5 (Lilás) do metrô.


O resultado só foi divulgado na última quinta-feira, mas o jornal já havia registrado o nome dos ganhadores em vídeo e em cartório nos dias 20 e 23 de abril deste ano, respectivamente.

Como é uma obra de R$ 4 bilhões, é bom haver uma investigação a respeito, coisa que o Metrô de São Paulo diz que fará.

Mas alguém tem alguma dúvida do resultado desta investigação?

Como é que pode isso, um jornal saber do resultado seis meses antes de sua divulgação?

Que aí tem maracutaia, tem...

Dilma registra 57% contra 43% de Serra, diz o Vox: mas o Índio não acredita

Nesta decisiva semana, segundo dizem, teremos oito pesquisas, já registradas no TSE. Entre elas, duas novatas e, entre estas, um dos institutos, é ligado ao César Maia, cndidato derrotado ao senado pelo DEM/RJ.

Indio (leia AQUI), assim como o Zé, que já brigou com o Sensus no primeiro turno, e com o Vox no segundo, acreditam que a eleição está em "empate técnico".

Segundo Índio, "Todas as nossas pesquisas internas dão empate técnico. As pesquisas são feitas no Brasil em geral por cota, o que dá uma distorção enorme num país continental. Com 136 milhões de eleitores, você não pode achar que o mesmo percentual de eleitores que não vai votar num determinado Estado é igual ao de outro. Vamos divulgar e, pode ter certeza, vai dar empate técnico".

Mas enquanto aguarda-se a pesquisa do DEM, o Vox Populi (leia AQUI) divulgou ontem a pesquisa que mostra que Dilma tem 49% das intenções de voto, dois a menos que no levantamento anterior do instituto, realizado entre os dias 15 e 17 de outubro. Já o tucano oscilou um ponto para baixo e aparece com 38%, 11 pontos porcentuais menos que sua adversária. 6% dizem que vão votar em nulo ou branco, mesmo índice contabilizado na última pesquisa. Já o número de eleitores indecisos ou que não responderam ao questionário subiu de 4% para 7%.

Considerando-se apenas os votos válidos (excluindo brancos, nulos e indecisos), Dilma registra 57% contra 43% de Serra. A diferença de 14 nos votos válidos também é a mesma do levantamento anterior.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Este é o cara: grande Lula!

                                      

Queria ver o Serra beijando esta mesma mulher, será que ele beijava?

Que foto...

Dá um grande orgulho de ser brasileiro e ter vivido este tempo, ver um operário presidente!!!

Leia AQUI

RIO - A seis dias do segundo turno das eleições presidenciais, a entrega de 328 apartamentos em Manguinhos, na Zona Norte do Rio, nesta segunda-feira ganhou tom de campanha eleitoral. Mesmo sem citar a disputa entre a petista Dilma Rousseff e o tucano José Serra pela Presidência, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que deixa a presidência em dezembro, anunciou em um rápido discurso mais obras para 2011.




Governo prevê limitar agropecuária na Amazônia: será uma grande balalha

                 

BRASÍLIA - A agenda verde, que ganhou espaço nesta segunda fase da disputa eleitoral com os dois candidatos à Presidência tentando conquistar os votos dos eleitores de Marina Silva (PV), cresce em importância também no governo. Um documento que contou com a participação de 14 ministérios traça um plano para controlar a expansão da fronteira agropecuária na Amazônia, principal causa do desmatamento.

Depois do segundo turno, deve ser editado um decreto definindo o macrozoneamento Ecológico-Econômico da Amazônia Legal, que foi dividida em dez áreas estratégicas com um plano para cada uma. As atividades que essas áreas poderão explorar - agropecuária, mineração, turismo, entre outras - estão definidas no documento.

Será uma batalha hercúlea. Como sabemos, a bancada ruralista no Congresso é expressiva e corporativa ao extremo. Abriga os grandes latifundiários que também têm terras na Amazônia. Claro que eles serão contrários a qualquer limitação na sua atuação nesta região.

Mas é, no mínimo, um debate necessário à sociedade brasileira e, principalmente aos que vivem e conhecem os problemas desta região.

Veremos...

Leia AQUI 

A Geografia, a Política e as Eleições: qual é o elo?

Quando se fala em Geografia, muitas pessoas se atém simplesmente aos apéctos físicos desta ciência, esquecendo-se das pessoas e de suas relações na superfície do Planeta.

A poítica, nada mais é do que a ciência que trata relação entre as pessoas e o processo eleitoral, é um momento, onde as pessoas, uma sociedade, escolhe as pessoas que vão dirigir e coordenar estas relações.

Dito isso, a Geografia está presente, tanto na política, quanto no processo eleitoral. A política é raiz das relações na sociedade, nas relações internacionais, na produção, nos custos e investimentos, em fim, em tudo que acontece nas relações humanas sobre a superfícite terrestre. A Geografia estuda tudo isso e é ferramenta utilizada por todos os governos para implementar ações e investimento em todas as áreas.

Assim sendo, como geógrafo e agente político, faço campanha... campanha declarada e identificada. Sou, além disso, cidadão. E, assim, sou protagonista deste processo, independente dos resultados... faço parte.

Eu tenho lado bem definido, sou petista, sou de esquerda e acredito na visão dialética marxista da sociedade, procuro apoiar quem mais se aproxima destas idéias e que tenha compromisso com os mais pobres, que sempre foram deixados de lado, à margem do desenvolvimento.

Por isso, neste momento, este blog pessoal, A Geografia em tudo, faz sim campanha, e votou Tarso e vota Dilma.

Nem por isso deixa de tratar de outros assuntos geográficos.

Aliás, as eleições, estão em toda a parte. 

Para onde vai o Captalismo: A barbárie nos espreita...

 
O Capitalismo, sempre gerou crises. Na minha percepção, estas crises, se dão por um simples motivo, básico, o dinheiro que não existe.
 
Quero dizer que, desde o início deste modelo, iniciado na segunda Revolução Industrial, o mercado fabricou valores que circulam nos próprios mercados, agora globalizados, que geram cada vêz mais lucros, e mais valores. Mas, estes valores, são virtuais... fictícios. Não existem.
 
Na prática, se todos nós fossemos aos bancos, ricos ou pobres, no mesmo dia, retirarmos os valores que nos cabem, não haveria dinheiro suficiante nem para a décima parte das pessoas.
 
Assim, o Capitalismo é um modelo econômico que conta com a virtualidade dos ativos. Nas crises sistêmicas dos Capitalismo, as falências e as grandes perdas monetárias, nada mais são do que enxugamento destes valores, que não existem.
 
O poder deste sistema se dá em virtude de estarmos todos presos a ele. Até hoje, mesmo o sitema socialista ou comunista implantado no século passado em alguns países, estes, não passaram de um sitema calitalista de estado, onde os bens eram todos do Estado, era o que se diferenciava do capitalismo tradicional. O socialismo e o comunismo, enquanto alternativa, não resolveram as contradições e as crises sistemátias deste modelo de produção capitalista.
 
O retorno à condições de antes é impossível. A não ser que haja uma grande crise. Onde não se possa retornar, algo como uma falência de recursos naturais, que levaria ao colápso e ao fim do motetarismo e, penso eu, ao retorno do feudalismo, onde os poderosos teriam tudo e os outros a barbárie.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

O Zé-bolinha-de-papel-Baixaria-Serra é um CALHORDA...

Calhorda (ca-lhor-da)

adj. e s. m.
e f. Diz-se de, ou pessoa desprezível; mal ajeitada.
Patife, pulha.
Desprezível, sem caráter, que causa nojo e repulsa.

Um sujeito que não se importa com as outras pessoas, ilude e engana.

Vocês sabem como os tucanos governam?

Algumas das capas da Veja durante o reinado FHC: como os tucanos são ficha limpa, né?































E agora, uma pergunta:


E você sabe se alguma das pessoas citadas chegou a ser presa ou responde a processo pelos crimes que cometeu na Era FHC?

Assim é que os tucanos e o Zé fazem campanha: comprando votos.

                                       

Leia AQUI

A Polícia Rodoviária Estadual do Rio Grande do Sul, em uma ação articulada com a Polícia Federal e com o Ministério Público, prendeu no final da tarde desta quinta-feira um caminhão da campanha de José Serra (PSDB) e três pessoas (dois homens e uma mulher) que foram flagrados distribuindo sacolas com alimentos no bairro Cohab, município de Coxilha, próximo a Passo Fundo. Há alguns dias, um caminhão de som da campanha de Serra foi visto circulando em Passo Fundo carregando sacolas com alimentos. Militantes da campanha de Dilma Rousseff (PT) conseguiram fotografar o caminhão transportando ranchos e comunicaram a polícia e o Ministério Público Eleitoral.


Esta é ma maneira de fazer campanha do candidato do atraso...

Que coisa feia... e ilegal...

Jornal Nacional está jogando na sarjeta o que resta de sua pouca credibilidade


Leia AQUI

Sabemos que o PIG (Partido da Imprensa Golpista) está, assim como o Zé, fazendo das tripas coração para desqualificar a Dilma, sua campanha, o PT e seus aliados.

No caso da bolinha de papel, jogada no Zé durante uma caminhada no Rio de Janeiro, onde militantes do PT e PSDB de cruzaram, o JN da Globo, foi além da esquizofrenia e da paranóia para vitimizar o candidato do atraso. O casal bernardes, com caras de consternados, tentam passar um ar de indignação, muito forçado, típico do seu chefe, Ali Kamel... o mais poderoso jornalista da Globo.

Mas como a mentira tem perna curta, foram fragorosamente desmentidos pelos telejornais da Record e SBT, com imagens reais do que aconteceu.

Que vergonha!

Também penso como o Lula, que disse que o Zé deve desculpas aos brasileiros por ter forjado uma "violência" que não existiu, pois se alguém ficou ferido, foi o militante petista que teve o supercílio cortado.



Quem mesmo foi agredido?

Popularidade recorde de Lula alavanca Dilma, diz Datafolha: Lula é o Cara...

                           

Leia AQUI

Já Lula registrou nesta semana 82% de aprovação para o seu mandato (respostas "bom" e "ótimo"), a maior taxa desde quando assumiu o Planalto, em janeiro de 2003.

Essa é também a melhor marca já apurada pelo Datafolha para todos os presidentes civis desde 1985.

Dilma abre vantagem de 12 pontos sobre Serra, segundo pesquisa Datafolha

                               

O Zé desqualificou a pesquisa Vox Populi que dava a Dilma doze pontos percentuais de vantagem sobre o candidato do atraso, o demotucano Zé-bolinha-de-papel-baixaria-Serra.

E agora candidato?

Vai desdenhar o "DataSerra" também?

Leia AQUI

A pesquisa Datafolha, publicada nesta sexta-feira, indica que a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, aumentou a vantagem sobre seu adversário na disputa eleitoral, José Serra (PSDB). A ex-ministra tem 56% dos votos válidos, contra 44% do candidato tucano.

No levantamento passado, divulgado há uma semana, Dilma tinha 54%, contra 46% de Serra. No total de votos (incluídos brancos, nulos e indecisos), a petista tem 50% na pesquisa atual, contra 40% de Serra - na semana passada, tinham 47% e 41%, respectivamente. Os que dizem votar em branco, nulo ou em nenhum nome continuaram estáveis, com 4%. Os indecisos, afirma o Datafolha, oscilaram de 8% para 6%.

A pesquisa, encomendada pelo jornal Folha de S. Paulo e pela Rede Globo, foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 36.536/2010. O instituto entrevistou na quinta-feira 4.037 pessoas em 243 cidades. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Bye, bye Zé baixaria: Pobreza e desigualdade caem em relação a 2009, aponta Ipea.

Números revelados pelo presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Marcio Pochmann apontam que a pobreza e a desigualdade seguem caindo no país.


De acordo com Pochmann, o indicador referente à pobreza subiu de 32 pontos, em julho, para 43 pontos, e o índice de desigualdade passou de 25 para 38 pontos na mesma base de comparação. Pelo método do Ipea, quanto maior a pontuação menor o percentual de pobreza e desigualdade de renda.

Outros indicadores que evoluíram favoravelmente entre as duas pesquisas foram os relativos às condições gerais de crédito e ao acesso da população a bens de consumo, “possivelmente refletindo uma expectativa de afrouxamento na política monetária” nos próximos meses, segundo o Ipea.

Mais uma ótima notícia para o povo brasileiro. O governo Lula e Dilma, novamente mostram a capacidade que têm em construir uma nação.

Como disse o Lula hoje em Rio Grande: "agora o brasileiro pode andar de cabeça erguida"

Nível de água sobe no Solimões, mas Rio Negro pode ter mínima histórica

Foto Reprodução TV Globo

Os fenõmenos climáticos conhecidos por El Niño e LaNiña, estão provocando das suas mundo a fora. Com a intensificação das mudanças climáticas e do aquecimento global, estes dois fenômenos se intensificam.

Na Amazônia, por exemplo, o Rio Negro pode ter sua mínima história registrada neste fim de semana. É o que afirma o Serviço Geológico do Brasil (CPRM). A influência do clima castiga a população ribeirinha de quatro municípios banhados pelo Rio Negro, entre eles Manaus, capital do Amazonas. O Rio Negro tem descido uma média de 20 cm por dia. A previsão é de que 2010 registre a maior vazante da história já neste fim de semana.


A primeira medição do rio negro foi feita em 1902. Em 1963, foi registrada a marca mínima histórica de 13,64 metros. A marca atual é de 14,09 metros, a segunda maior da história. (leia AQUI).

 

IBOPE vê crescimento sólido de Dilma no 2° turno: 56 x 44

O Ibope indica que dobrou a diferença de Dilma Rousseff (PT) sobre José Serra (PSDB) na última semana. Houve recuperação da petista e queda do tucano.


Dilma tem hoje praticamente a mesma vantagem que tinha nesta época no primeiro turno: 56% contra os 55% de 23 de setembro. Nos 10 dias entre a pesquisa e a votação de 3 de outubro, ele caiu, Marina Silva (PV) subiu, e a eleição precisou de um novo turno.

Desta vez há uma diferença importante. No primeiro turno, Dilma vinha em queda nesta fase da campanha. Agora, seu movimento é ascendente. Mais do que o tamanho da vantagem, é o movimento do eleitorado que favorece a petista.

Há indicativos de que a questão religiosa voltou a influenciar o eleitor, mas no sentido oposto. Na rodada anterior do Ibope, Dilma tinha estabilizado entre católicos e evangélicos. Nesta, ela cresceu entre os cristãos e caiu entre agnósticos, ateus e seguidores de outras religiões.

Pelos números, as ações da petista para recuperar o apoio de lideranças evangélicas e católicas surtiram efeito. Isso incluiu a divulgação de uma carta rejeitando mudar a legislação sobre o aborto -o que pode ter lhe tirado votos entre quem é a favor da liberação da prática, algo mais comum entre agnósticos e ateus.

Ao mesmo tempo, Serra caiu nos segmentos religiosos. Pode ser apenas fruto da recuperação dos eleitores por Dilma. O tucano, porém, perdeu mais votos cristãos do que a petista ganhou.

Isso indica que sua queda no segmento pode ter sido consequência da divulgação de notícias de que sua mulher teria feito aborto nos EUA, quando estavam exilados. As buscas no Google pelo binômio "Serra + aborto" suplantaram as pelo binômio "Dilma + aborto" na última semana.

Sejam quais forem as causas, Serra tem uma tarefa mais difícil do que Dilma. Para encurtar a distância que o separa da petista, ele precisa reverter a tendência do eleitorado. Brigar contra a inércia requer novas armas. O rolo no Rio pode ser uma delas: associar medo/insegurança à rival. Dura missão para uma bolinha de papel.

Zé Baixaria ameaça a estabilidade econômica do Brasil: o que ele pretende?

Ao criticar a política cambial do governo Lula, o candidato do PSDB à Presidência, José Serra, afirmou ontem no jornal nacional que adotará "mudança ampla" na economia, caso vença a disputa contra Dilma Rousseff (PT).(leia AQUI)

Então, você que está vendo a economia bombar no governo Lula, você que finalmente comprou um carro, uma casa, viajou de avião pela primeira vez...Que agora pode comprar produtos alimentício, antes só permitido a classe média alta...Cuidado, pense bem na hora de votar!. José Serra está avisando que vai acabar com a política econômica do governo Lula.

Lula desafia Serra a explicar 'nova' política econômica

Presidente chama de 'irresponsáveis' propostas como aumento do mínimo e diz que 'mercado espera ele dizer o que vai mudar'

O Presidente Lula falou ontem em entrevista no Palácio do Planalto, sobre as promessas do tucano de aumentar o salário mínimo de R$ 510 para R$ 600 e de anunciar que promoverá mudanças na política econômica do País.

Lula classificou as propostas apresentadas na campanha tucana de "irresponsáveis" e disse que Serra não tem condições de cumpri-las, além de cobrar do candidato explicações claras sobre o que pretende mudar na política econômica. "Quando, hoje o candidato diz que vai mudar a política econômica, é importante ele dizer o que vai mudar, porque o mundo está esperando que ele diga. O mercado está esperando, porque você não pode agir com irresponsabilidade, sem saber os efeitos de uma declaração dessa que, certamente, não agradou nem à assessoria dele", desafiou Lula.

Ao condenar a postura do candidato do PSDB - que, além do aumento do mínimo, anunciou que concederá décimo terceiro salário aos beneficiados pelo Bolsa-Família e 10% de aumento para os aposentados -, Lula disse que são "coisas de época de eleição". Segundo o presidente, o governo não vai fazer "leilão de propostas" neste período.

"Nós sabemos distinguir o que é uma mentira e o que é verdade. Nós temos uma proposta de recuperação do salário mínimo até 2023 que vai dobrar o valor do salário mínimo, e nós acreditamos tanto no Brasil que combinamos a política de reajuste do salário mínimo ao crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) e à taxa de inflação. É uma quantia muito maior do que qualquer presidente já pensou neste País", desabafou. E emendou: "Somos muito responsáveis e não vamos ficar leiloando coisas em época de eleição".

Explicações. Para o presidente, "os cidadãos, homens ou mulheres, ninguém pode ser irresponsável porque está disputando uma eleição". "Ninguém pode prometer aquilo que sabe que não vai fazer e ninguém pode ficar tentando leiloar o país em época de eleição", afirmou. Lula reclamou que o adversário político "está fazendo uma quantidade de promessas que sabe que não vai cumprir, porque não as cumpriu quando foi governo". E insistiu que, quando Serra "diz que vai mudar toda a política econômica, ele tem que explicar ao povo brasileiro o que significa mudar essa política econômica num momento em que o Brasil serve de exemplo ao mundo".

LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA

PRESIDENTE DA REPÚBLICA

"Você não pode agir com irresponsabilidade, sem saber os efeitos de uma declaração dessa que, certamente, não agradou nem à assessoria dele (Serra)"

Lula inaugura oficialmente polo naval em Rio Grande: com Dilma e Tarso para avançar muito mais.

                                     Nauro Junior
Sempre se ouve falar que o Rio Grande do Sul precisa desenvolver a sua metade sul. Históricamente, esta região, por sua configuração agrária de grandes latifúndios, mostrou-se incapaz de se desenvolver. A pecuária ficou sendo durante séculos, a atividade principal da região. Mas com o desenvolvimento tecnológico e o abandono dos herdeiros desta atividade. A dita metade sul parou no tempo.

Agora, com investimento da Petrobrás e do Governo Federal, tudo isso está mudando. Leia AQUI

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai inaugurar oficialmente nesta quinta-feira o polo naval em Rio Grande, cuja principal estrutura, o dique seco do Estaleiro Rio Grande, já está em plena operação, com a montagem da P-55. Para o início de 2011, está prevista a largada na construção de cascos de plataformas no dique.


Conforme a previsão da Petrobras, em janeiro começa a chegar a Rio Grande o material para a construção do primeiro dos cascos, que darão origem a oito plataformas do tipo FPSO (unidades de produção flutuantes, com propulsão própria, capaz de armazenar óleo e gás).

O primeiro dos cascos deve ficar pronto em meados de 2013. O último da série deve ser entregue em 2016. O investimento é de cerca de US$ 3,5 bilhões.

Estes investimentos mudaram a cara do sul do Rio Grande do Sul. Rio Grande e Pelotas, a anos estagnados, vivem em euforia constante. A movimentação de trabalhadores vindos de todas as partes do Brasil, tem injetado recurso na economia local e movimentado o comércio e serviços. Já há falta de imóveis para abrigar que vem para trabalhar no Polo Naval. 
 
É por essa e por outras, que não podemos deixar que a Petrobrás e a riqueza do petróleo da camada pré-sal, caia nas mãos dos demotucanos. Não podemos retornar a era de estagnação vivido pelo Brasil do FHC.
 
Eles somente querem se dar bem.
 
Então...
 
VOTE DILMA 13 

Coisas que a gente não vê: ou como a mídia tenta esconder as boas notícias

Enquanto o PIG (Partido da Imprensa Golpista) faz escarcéu e mostra que o Zé foi "agredido" por bolinha de papel, o Brasil avança.

Um lance de marketing... pois como o Zé não tem conteúdo, é ôco, somente a baixaria aperece.

Mas com a Internet, a mentira, tem perna curtíssima... não se sustenta nem por um dia. A "agressão" foi encenação.

Bom, mas o que interessa para nós, brasileiros, é que, com Lula e Dilma, o Brasil cresce.

1- Leia AQUI que o esemprego no Brasil cai a 6,2% em recorde de baixa, menor taxa desde 2002.

O desemprego brasileiro atingiu recorde de baixa em setembro, caindo para 6,2%, ante 6,7% em agosto, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira. Foi o menor patamar da série histórica iniciada em março de 2002.

2- Leia AQUI que cheques sem fundos têm menor percentual desde 2004, revela Serasa.

Em setembro de 2010, o número de cheques sem fundos no Brasil atingiu seu menor patamar para o mês desde 2004, revela pesquisa da Serasa Experian divulgada nesta quinta-feira. Do total de cheques compensados no mês foram devolvidos 1,59%.


Estas boas notícias, ficam quase esquecidas. Parece que o Brasil está paralizado. Nada disso, Como se pode ver, as coisas andam e andam rápido. Nossa economia, ao contrário de outros grandes países, está se mostrando sólida, mesmo que a crise de 2008 ainda afete as nossas exportações.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Polícia Federal desmente a Folha de São Paulo... Que feio, né?

O panfleto midiático do Zé Baixaria, se deu mal. Na ânsia de fazer enredo eleitoreiro pro candidato do atraso, é obrigada a trocar três vêzes a sua manchete.

Agora o furo é mais em baixo (no próprio pé)...

Leia AQUI:

NOTA À IMPRENSA


Sobre as investigações para apurar suposta quebra de sigilo de dados da Receita Federal, a Polícia Federal esclarece que:

1- O fato motivador da instauração de inquérito nesta instituição, quebra de sigilo fiscal, já está esclarecido e os responsáveis identificados. O inquérito policial encontra-se em sua fase final e, depois de concluídas as diligências, será encaminhado à 12ª Vara Federal do Distrito Federal;

2- Em 120 dias de investigação, foram realizadas diversas diligências e ouvidas 37 pessoas em mais de 50 depoimentos, que resultaram, até o momento, em 7 indiciamentos;

3- A investigação identificou que a quebra de sigilo ocorreu entre setembro e outubro de 2009 e envolveu servidores da Receita Federal, despachantes e clientes que encomendavam os dados, entre eles um jornalista;

4- As provas colhidas apontam que o jornalista utilizou os serviços de levantamento de informações de empresas e pessoas físicas desde o final de 2008 no interesse de investigações próprias;

5- Os dados violados foram utilizados para a confecção de relatórios, mas não foi comprovada sua utilização em campanha política;

6- A Polícia Federal refuta qualquer tentativa de utilização de seu trabalho para fins eleitoreiros com distorção de fatos ou atribuindo a esta instituição conclusões que não correspondam aos dados da investigação.

Aqui estão os desmentidos de alguns emails falsos

Verifique os emails falsos que circulam nesta campanha sobre Dilma Rousseff e seus respectivos desmentidos. Cada link remete ao leitor ao texto em questão. Espalhem, é importante:


A morte de Mário Kosel Filho: http://migre.me/1pfAb

A Ficha Falsa de Dilma Rousseff na ditadura http://migre.me/1pfCc

O porteiro que desistiu de trabalhar para receber o Bolsa-Família http://migre.me/1pfEJ

Marília Gabriela desmente email falso http://migre.me/1pfSW

Dilma não pode entrar nos Estados Unidos http://migre.me/1pfTX

Foto de Dilma ao lado de um fuzíl é uma montagem barata http://migre.me/1pfWn

Lula/Dilma sucatearam a classe média (B) em 8 anos: http://migre.me/1pfYg

Email de Dora Kramer sobre Arnaldo Jabor é montagem http://migre.me/1pfZH

Matéria sobre Dilma em jornais canadenses é falsa: http://migre.me/1pg1t

Declarações de Dilma sobre Jesus Cristo – mais um email falso: http://migre.me/1pg2F

Fraude nas urnas com chip chinês – falsidade que beira o ridículo: http://migre.me/1pg58

Vídeo de Hugo Chaves pedindo votos a Dilma é falso: http://migre.me/1pg6c

Matéria sobre amante lésbica de Dilma é invenção: http://migre.me/1pg7p

Caso da quebra de sigilo de tucanos na Receita: Um tiro no pé...

“Tiro no pé” é uma expressão muito usada no mundo dos negócios pra retratar situações em que alguém espera dar um tiro certeiro, mas erra tanto a pontaria que acaba acertando o próprio pé. Metaforicamente, claro! Em outras palavras, se tenta criar alguma coisa pra tirar uma vantágem, mas acaba perdendo muito mais do que esperavam ganhar.

Pois é, a Folha de São Paulo, o panfleto midiático do Zé Baixaria, se apressou em pubicar uma matéria que tentava colar o mandante da quebra dos sigilos fiscais de tucanos de alta plumagem, o jornalista Amaury Jr à campanha da Dilma e ao PT, se deu mal.

Para entender melhor o inquérito da Polícia Federal sobre a quebra do sigilo fiscal dos tucanos.

As investigações foram encerradas na semana passada, inclusive com a tomada de depoimento do repórter Amaury Jr por mais de dez horas.

A conclusão final do inquérito foi a de que Amaury trabalhou o dossiê a serviço do Estado de Minas e do governador Aécio Neves - como uma forma de se defender de esperados ataques de José Serra.

Em negociação com o Palácio, a cúpula da Polícia Federal decidiu segurar as conclusões para após as eleições, para não dar margem a nenhuma interpretação de que o inquérito pudesse ter influência política.

No entanto, a advogada de Eduardo Jorge - que tem acesso às peças do inquérito por conta de uma liminar na Justiça - conseguiu as informações. Conferindo seu conteúdo explosivo, aparentemente pretendeu montar um antídoto. Vazou as informações para a Folha, dando ênfase ao acessório - a aproximação posterior de Amaury com a pré-campanha de Dilma - para diluir o essencial - o fato de que o dossiê foi fogo amigo no PSDB.

Neste momento - segundo informações de repórteres de Brasília com acesso a investigadores - discute-se na PF a oportunidade ou não de uma coletiva para colocar as peças no devido lugar.

Aparentemente, a operação de Eduardo Jorge acabou sendo um tiro no pé. A partir de agora, não haverá como a velha mídia ignorar o inquérito e suas conclusões.

É bom lembrar que o jornalista Amaury Jr escreveu o livro, Os porões da privataria, que conta quem, porque e como, pessoas do PSDB, se beneficiaram das privatizações da era FHC. O livro somente aguarda o final das eleições para ir às livrarias.

Podemos ter certeza que as revelações causarão calafios em muita gente. 

10 coisas que devemos fazer para garantir a vitória da Dilma

Por Emir Sader

1. Conversar com quem não pretende votar nela, argumentar sobre as razões pelas quais você vai votar, ouvir as razões do voto da pessoa e contra argumentar.


2. Sair com plásticos, bandeiras, bottons, tudo o que identifique nosso voto.

3. Acionar redes de internet com freqüência, reenviar mensagens, responder outras, escrever e mandar – em suma, fazer circular ao máximo as mensagens que acredita que possam favorecer o voto na Dilma.

4. Denunciar sistematicamente, multiplicando pelos endereços já existentes, a rede de calúnias que a direita continua a fazer circular.

5. Fazer circular especificamente as declarações da Dilma e do Lula.

6. Tomar a iniciativa de marcar atividades – seja com grupos de propaganda nas ruas, seja em debates nos setores onde exista certo número de indecisos, de gente que pensa votar em branco ou passível de ser convencido do voto pela Dilma.

7. Fazer campanha sistematicamente para que as pessoas votem, só viajando depois de fazê-lo, caso pensem viajar.

8. Ir votar, se possível, com algo de vermelho na roupa.

9. Reiterar a necessidade dos eleitores terem que levar algum documento com foto.

10. Não nos fiarmos nas expectativas geradas pelas pesquisas e disputar votos até o último momento, para garantirmos a vitória da Dilma.

Capitalismo em crise: Grã-Bretanha se prepara para maiores cortes de gastos desde a 2ª Guerra

Desde a crise de 2008, que afetou a economia do mundo globalizado, os países desenvolvidos buscam saídas para superar os problamas econômicos que persistem. O "deus" mercado, não conseguiu, até o momento, se "auto-reular", levando a bancarrota instituição financairas e, até mesmo, governos.

A França e Sarkosy, vivem fortes greves que tentam barrar cortes e ajustes contrários aos interesses dos trabalhadores e do povo francês.

Agora (leia AQUI) o governo da Grã-Bretanha deve anunciar nesta quarta-feira o maior pacote de cortes de gastos públicos desde a Segunda Guerra Mundial, numa tentativa de combater o crescente déficit público do país.

As medidas, que serão anunciadas pelo ministro das Finanças, George Osborne, devem afetar todas as áreas do governo, incluindo saúde, bem-estar social, transporte e segurança pública.

Espera-se cortes de cerca de 25% em média em todos os departamentos, com o fechamento de cerca de 500 mil postos de trabalho no serviço público até o ano fiscal de 2014/15.

A Grã-Bretanha tem hoje o maior déficit público de sua história, de mais de 150 bilhões de libras (cerca de R$ 398 bilhões). Isso equivale a 11% do PIB do país, um dos níveis mais altos entre os países ricos.

Estas medidas devem levar a reações indêntias as que estão ocorrendo na França, levando insegurança à Europa e ao mundo todo.

Mas não é somente na Europa, o governo do Japão disse que a economia do país "está paralisada", devido à alta na cotação do iene e à redução da demanda global por exportações japonesas.


Em um relatório mensal, o governo japonês rebaixou a classificação da economia pela primeira vez desde fevereiro de 2009.

Nos últimos meses, o governo vinha insistindo que a economia estaria se recuperando, mas agora a previsão é de que ela continue debilitada por algum tempo.

A queda nas exportações para a Ásia está afetando fortemente os exportadores que já estavam sofrendo com a força da moeda local.

Parece mesmo que a crise de 2008 está longe de ser superada. O diretor-gerente do FMI (Fundo Monetário Internacional), Dominique Strauss-Kahn, disse nesta quinta-feira que a chamada “guerra cambial” em curso entre alguns países é prejudicial à economia global. Países como China e Estados Unidos estariam desvalorizando artificialmente suas moedas para equilibrar suas finanças.

O ministro Guido Mantega disse que países como Japão e Estados Unidos, ao permitir a desvalorização de suas moedas, acabam roubando mercados de economias com bom desempenho, como a brasileira.


O ministro disse ainda que o Brasil não deveria ser prejudicado por causa da política cambial desses países.

Nesta semana, Mantega anunciou o aumento de 2% para 4% da alíquota do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) para aplicações de estrangeiros no mercado de renda fixa no Brasil.


terça-feira, 19 de outubro de 2010

Bye, Bye Zé 2010: Brasil gera 246.875 vagas formais em setembro

Muito a contra gosto, o panfleto midiático pró Zé, que não publica pasquisa desfavorável ao $erra (leia AQUI), foi "obrigado" a dar esta notícia em um curto e singelo texto:

"A economia brasileira criou 246.875 postos de trabalho com carteira assinada em setembro, informou o Ministério do Trabalho e Emprego nesta terça-feira".

Pois é... é assim mesmo... fico imaginando o editor se contorcendo ao publicar esta informação.

Conforme o gráfico a cima, em agosto, já haviam sido criados quase trezentos mil empregos formais, mesmo ficando a baixo deste número, é uma excelente notícia para o Brasil.

É claro que pesquisa não ganha eleição, mas... Vox Populi: Dilma 51% x 39% Serra

Mesmo com toda a baixaria do Zé, com panfletos ilegais, censura, mentiras, etc... Um nova Pesquisa Vox Populi/IG (leia AQUI) divulgada nesta terça-feira (19), mostra que Dilma está crescendo:


Dilma: 51% (tinha 48% na Vox Populi do dia 10 e 11)
Serra: 39% (tinha 40%)
Votos brancos e nulos: 6%
Não souberam ou não opinaram: 4%

Considerando apenas os votos válidos - excluindo os votos brancos, nulos e indecisos:

Dilma: 57%
Serra: 43%

A margem de erro da pesquisa é de 1,8 pontos, e foi realizada entre os dias 15 e 17 de outubro, com 3000 entrevistados em todo País.

O eleitorado está cansado de ver esta política rasteira. Ontem, no JN da Globo, assisti um festival de alienação do casal Boner. Ao invés de falar sobre o futuro do Brasil, falam das baixarias, como se o próprio Zé e quem estivesse perguntando. Mas o povo não é bobo. O povo não é alienado. Sabe bem quem são seus inimigos.

É só dar uma olhada nos jornalões do PIG (Partido da Imprensa Golpista) e ver como escondem as notícias desfavoráveis ao Zé. Não falam do Paulo Preto, que fujiu (segundo os próprios tucanos) com R$4milhões e da contratação de sua filha pelo Zé, não falam do aborto da Mônica Serra, não falam das falcatruas do Zé no governo de São Paulo. Em fim, pro Zé tudo, prá Dilma nada... 

Mas estas pesquisas não ganham eleição. O que ganha eleição é voto, não mentiras e baixarias.

E voto? Voto se conquista com verdade. Se conquista com campanha séria, olho no olho.

Vamos lá, cada um de nós, conquistar estes votos.

Até a vitória!

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Homem está acabando com a vida na Terra, alerta diretor da ONU

Na abertura da décima Conferência das Partes da Convenção da Organização das Nações Unidas sobre Diversidade Biológica (COP-10), o diretor do programa para meio ambiente da ONU, Achim Steiner, foi enfático ao afirmar que o homem está acabando com a vida na Terra.

"Este é o único planeta no universo em que sabemos que existe vida como a nossa e estamos destruindo as bases que a sustentam", alertou.

O encontro começou nesta segunda-feira em Nagoia, no Japão, e termina em 29 de outubro. Durante estas próximas duas semanas, representantes de 193 países vão avaliar as metas de preservação ambiental assumidas para este ano e definir quais serão os próximos objetivos até 2020.

O tom pessimista pode ser observado nos discursos de outras autoridades e especialistas da área ambiental, que chegaram a afirmar que o mundo está caminhando para uma fase de extinção na mesma proporção do período em que os dinossauros desapareceram da Terra.

Para eles, a destruição da natureza tem afetado diretamente a sociedade e a economia. A ONU estima que a perda da biodiversidade custa ao mundo entre US$ 2 trilhões (R$ 3,2 trilhões) e US$ 5 trilhões (R$ 8 trilhões) por ano, principalmente nas partes mais pobres.

Mas aí eu me pergunto:

Quem quer mudar o seu modo de vida?

Leia AQUI

O Zé promete TUDO, até o que já está em andamento...


Alvo frequente de críticas do candidato José Serra (PSDB), gargalos na infraestrutura brasileira serão enfrentados em uma eventual gestão tucana por meio de ações já consideradas prioritárias pelo atual governo.


De 40 obras relativas a portos, aeroportos, estradas e ferrovias prometidas por Serra, 35 já estão previstas na primeira ou na segunda versão do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), que concentra os principais investimentos programados pelo governo Lula.

As obras foram anunciadas pelo candidato em seus programas na TV, em seu site oficial, e pelo vice em sua chapa, Indio da Costa (DEM), que gravou vídeos com promessas específicas para cada um dos Estados brasileiros.


Leia AQUI

Pois este é o Zé, já prometeu de tudo nesta campanha. Agora promente o que já está em andamento...

Assim é fácil.

Além das baixarias, é claro!

'Não somos heróis, somos vítimas', diz mineiro Franklin Lobos resgatado de mina no Chile

O mineiro chileno Franklin Lobos (leia AQUI), que passou mais de dois meses preso em uma jazida no norte do Chile junto de outros 32 companheiros, foge da fama adquirida com o episódio e assegura que ele e os outros mineradores não são heróis e sim "vítimas" da irresponsabilidade dos donos da mina San José.


A mina San José (leia AQUI), onde 33 mineiros ficaram presos por quase dois meses a 700 m de profundidade, funcionava sem cumprir determinações de segurança do Serviço Nacional de Geologia e Minas do Chile (Sernageomín, na sigla em espanhol). Localizada no deserto do Atacama, no Chile, a mina funcionava há 30 anos e já havia sido fechada por várias vezes por problemas de segurança.


Depois da última interdição, em julho passado, os trabalhos foram retomados com autorização do Sernageomín, mesmo sem cumprir as determinações feitas pela fiscalização. As informações constam no relatório feito pela Comissão de Minas e Energia da Câmara de Deputados do Chile, e foram confirmadas pela proprietária da mina, a Compania Mineria San Esteban Primeira S.A., em conversa telefônica com a reportagem do Terra.
 
Como se sabe muito bem, o neoliberalismo chileno, entregou a iníciativa privada, muitas de suas minas e que estas, para terem maiores lucros, não exita em não cumprir as normas de segurança impostas pelo governo.
 
Com faturamento de US$ 7, 8 milhões em 2009, a Companhia Mineira San Estaban Primera S. A. emprega cerca de 300 pessoas. Corre na justiça chilena um processo de falência da empresa, e um especialista foi designado pelo tribunal para analisar se a empresa poderá retomar suas atividades. A decisão judicial deve sair em 20 dias. Segundo a assessoria da San Esteban, a empresa enfrentava problemas financeiros, mas nos dois meses anteriores ao acidente, apresentou bons resultados, graças à renegociação de dívidas com credores e trabalhistas.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Revitalização do Cais Mauá: Yeda quer se dar bem...

Ao apagar das luzes que um governico medíocre e corrúpto, a des-governadora Yeda (PSDB), quer dar um jeitinho de se arrumar para o seu futuro. A toque de caixa, saíram as licitações de obras importantes e problemáticas (com volumes altos de investimento$$$$) no RS.

Uma delas, para mim a mais complicada, até porque eu moro bem próximo, é o da revitalização do Cais Mauá.

Somente um consórcio mandou proposta para uma obra de meio bilhão de Reais.

O governador eleito, Tarso Genro (PT), já se manifestou cintrário a construção do Shoping previsto para ser construído ao lado da Usina do Gasômetro e, através de intrelocutores responsáveis pela transição de governo, que o atual, não leve adiante o processo, sob o argumento de que o projeto deve ser melhor discutido com os portoalegrenses.

Dentro deste processo trôpego, com somente um consóscio "concorrendo", muitas irregularidades. Uma delas é uma ação movida pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários contra irregularidades na licitação e, pior, a participação de um autor do projeto original e na montagem do edital, Jaime Lerner, estar também participando do consórcio que se propõe a revitalização do Cais.

Para entender melhor estes fatos, leia o Hidrovias Interiores

Essa Yeda...

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Vox Populi: Dilma tem 48%; Serra tem 40%

Levantamento encomendado pelo iG dá à candidata do PT 54,5% dos votos válidos, contra 45,5% obtidos pelo tucano.

Levando-se em conta toda a baixaria do Zé, que está a um passo de, definitivamente, se atirar aos braços da extrema direita, com ataques a honra, utilizando-se da religiosidade de pessoas simples e a asquerosa "mão" do PIG (Partido da Imprensa Golpista), que recerbera o que é ruim prá Dilma e esconde o que é mau para o Zé, os números do Vox Populi dão um alento.

Segundo divulgação da pesquisa divulgada hoje AQUI,: A candidata do PT ao Palácio do Planalto, Dilma Rousseff, mantém a dianteira na preferência do eleitorado neste segundo turno, aponta nova pesquisa Vox Populi/iG divulgada nesta quarta-feira. O levantamento, primeiro realizado pelo instituto na segunda etapa da eleição presidencial, dá a Dilma 48% das intenções de voto, contra 40% registrados pelo adversário tucano José Serra.


Brancos e nulos totalizaram 6%, mesmo índice de indecisos. Se forem considerados somente os votos válidos, Dilma tem 54,5%, enquanto Serra ficaria com 45,4%. O número exclui da conta tanto os votos em branco ou nulos, quanto os indecisos. Esta última fatia do eleitorado, entretanto, ainda pode migrar para um ou outro candidato até a data da eleição.

Mas ainda há muita coisa pela frente, somente com muita garra da militância, e participação das pessoas que querem o melhor para o Brasil, é que chegaremos em 31 de outubro fortes e convíctos da vitória da Dilma.

Planeta perdeu 30% de recursos naturais: O racionalismo econômico x natureza

Não é preciso ser um cientista para ver qual é a saúde do nosso Palneta.

Estamos vendo a natureza se extinguindo, o aquecimento global acelerando o derretimento dos polos, em fim, estamos diante de uma encruzilhada: ou mudamos nosso modo de vida ou a vida vai mudar, irremediavelmente.

Nós pensamos em conforto e tecnologia. Queremos viver cada vêz mais e melhor. Mas nos esquecemos que nosso mundo é finito.

A natureza e seus valiosos recursos, não se recuperam de uma hora para outra. O petróleo, por exemplo, demorou milhões de anos para se formar, mas o consumimos vorazmente, sem tréguas. Com isso, aumentamos a temperatura da Terra e alteramos a vida. A vida na Terra é frágil. Uma simples auteração pode comprometer centenas de espécies.

Segundo materia publicada AQUI, em menos de 40 anos, o mundo perdeu 30% de sua biodiversidade. Nos países tropicais, contudo, a queda foi muito maior: atingiu 60% da fauna e flora original. Os dados são do Relatório Planeta Vivo 2010, publicado a cada dois anos pela organização não governamental WWF.


O relatório, cujas conclusões são consideradas alarmantes pelos ambientalistas, é produzido em parceria com a Sociedade Zoológica de Londres (ZSL, na sigla em inglês) e Global Footprint Network (GFN).

"Os países pobres, frequentemente tropicais, estão perdendo biodiversidade a uma velocidade muito alta", afirmou Jim Leape, diretor-geral da WWF Global. "Enquanto isso, o mundo desenvolvido vive em um falso paraíso, movido a consumo excessivo e altas emissões de carbono."


A biodiversidade é medida pelo Índice Planeta Vivo (IPV), que estuda a saúde de quase 8 mil populações de mais de 2,5 mil espécies desde 1970.

Não temos a visão clara do que está ocorrendo. Estamos distantes, pois morandos nas cidades, não temos noção do que ocorre na realidade. A TV nos impulsiona a consumir... estão vamos às compras, sem saber do que está por trás, por exemplo, da compra de um automóvel ou de uma simples calça jeans.
 
Nosso grande dilema atual:
 
Racionalismo ambiental ou racionalismo econômico?  

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Aborto: porque a sociedade foge deste debate?

Segundo avaliações feitas pela coordenação de campanha da Dilma, de que as manifestações injuriosas feitas por setores ultra-consevadores da sociedade brasileira, das Igrejas Católicas, Evangélicos, Clube Militar (onde estão os torturadores do Regime Militar) e, prestem a tenção, a TFP (Tradição Família e Propriedade), dizendo que a candidadta do PT é "favorável" ao aborto, é que levou a eleição ao segundo turno.

Fora a questão - grave - da campanha difamatória, o assunto não pode, ou não poderia, ser debatido como uma questão eleitoral (ou eleitoreira).

Deve ser travada uma ampla discussão, em um momento oportuno, com TODA a sociedade, não somente no Brasil, mas em todo o mundo.

Eu, Mario Rangel, não sou a favor do aborto.

Acho que a vida humana deve provalecer sempre.

Mas não se pode ser ingênuo ou hipócrita e colocar o aborto como um tabú, muitas vêzes, a última porta de saída para a mulher. Não acredito que uma mulher faça aborto por fazer.

A discussão sobre um problema de saúde pública, deve ser enfrentado, por Dilma e Serra, sem misticismo.

As mulheres (leia AQUI) fazem aborto há centenas de anos, é o método contraceptivo mais antigo, por muitos considerado mais seguro e menos prejudicial à saúde do que a pílula. Desde que feito por um médico e em condições adequadas, óbvio.


A discussão que precisa ser travada sem descanso é o que fazer para que as mulheres parem de morrer por abortar em casa, usando agulhas de tricô, ou em consultórios podres, nas mãos de açougueiros. Esta sim é uma questão séria, de saúde pública, para a qual todos, repito, todos os governos viram as costas.

Por medo de tratar de um assunto que envolve questões morais e religiosas e com isso perder alguns currais eleitorais e apoios financeiros de empresários conservadores ligados a igrejas poderosas, os governantes estão deixando milhares de mulheres morrerem todos os anos. O aborto clandestino é a quarta causa de morte materna no Brasil. Das 87 milhões de mulheres que sofrem todo ano no planeta com o peso de uma gravidez indesejada, mais da metade aborta.

Das 46 milhões de mulheres que optam por abortar, 18 milhões o fazem em condições precárias, de forma insegura, insalubre, porque não têm recursos próprios e porque não há amparo legal para que esse procedimento seja realizado em hospitais públicos. Dessas 18 milhões de mulheres abandonadas por seus governantes, 70 mil morrem, ou no momento do aborto ou por infecções consequentes. São dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), não foram inventados por mim, e são baseados em abortos relatados - o número concreto de abortos clandestinos ninguém sabe.

Esta discussão deve ser encarada sem medo, pois o medo é a arma da direita.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Lula inaugura a P 57: o Brasil no rumo certo

Voces lembram da P 36, plataforma que afundou e matou 13 operários no tempo de "reinado" do FHC, em que o Zé era ministro. INCOMPETÊNCIA

O Zé e FHC queriam privatizar a "Petrobrax"

Hoje a Petrobrás é a segunda maior empresa petrolífera do MUNDO.

Leia AQUI esta matéria que passou quase e, propositadamente, desapercebida no PIG (partido da Imprensa Golpista)


O Presidente Lula, participará nesta quinta-feira (7) de uma série de inaugurações da Petrobras no estado do Rio de Janeiro. A primeira será o batismo da plataforma de petróleo P-57, no Estaleiro Brasfels, em Angra dos Reis. A plataforma, com capacidade para produzir 180 mil barris por dia, vai operar no Campo de Jubarte, na Bacia de Campos, na costa do Espírito Santo.


A previsão é que a plataforma comece a produzir em meados de novembro. Além do petróleo, serão processados 2 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia. O gás será escoado por uma rede de gasodutos submarinos que liga a área conhecida como Parque das Baleias, onde está o campo de Jubarte, à Unidade de Tratamento de Gás Sul Capixaba, no município de Anchieta, litoral sul do Espírito Santo. A rede submarina deve começar a operar no próximo dia 15.

Características da P 57:

Localização: campo de Jubarte, no Espírito Santo, a 80 km do litoral

Profundidade de operação: até 1.260 metros

Capacidade de produção de petróleo: 180 mil barris por dia, óleo 17o API

Capacidade de compressão de gás: 2 milhões de metros cúbicos por dia

Comprimento: 312 m (equivalente a três campos de futebol)

Largura (boca): 56 m

Altura máxima: 105 m (equivalente a um prédio de cerca de 30 andares)

Acomodações: 110 pessoas

Peso Total: 54 mil toneladas

Centro de pesquisa

Que venha o segundo turno: Eleição se ganha com votos

Pois é gente, mal acabou a Eleição no domingo passado, já iniciou a campanha para o segundo turno. A gente tinha esperança de vencer co a Dilma já no domingo, mas não deu.

Fiquei avaliando as diferentes visões do porque da queda da Dilma nas intenções de voto, que ficou a quem do esperado. 46,9% dos votos válidos.

Falta 4% dos votos para levar Dilma à presidência do Brasil.

Mas tenho a percepção de que será, como dizem os gaúchos, uma "peleia".

O Zé, como sabemos, numa eleição, é sinônimo de baixaria (Ciro Gomes)... ele para com um trator por cima da mão, se for preciso.

Foram, spams, panfletos apócrifos e outros crimes eleitorais.

Não sou favorável a este tipo de instrumento para uma eleição. Mas da forma que está posto este segundo turno, o papel da campanha da Dilma e da militância, além de correr para desfazer as injúrias, deve, também, dar umas alfinetadas no Zé a na sua láia.

Deve ser uma campanha de desmontar o discurso inconsistente do Zé.

Então é isso, boa luta a todos e até a VITÓRIA.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Rio Grande do Sul, do Brasil, do Mundo... Agora é TARSO Governador!!!

Foi uma vitória de "lavar a égua" como se diz por aqui.

Com 54% dos votos válidos, com a força da militância, Tarso é o novo Governador do Rio Grande do Sul.

Muita alegria e vontade de fazer a diferença...

Pena que não conseguimos ainda eleger a Dilma no primeiro turno. As baixarias da oposição sobre o aborto e as ilações na Internet sobre Dilma, mais o casi da Erenice, fizeram diminuir os votos da candidata do PT e cresceu os de Marina. A ex-petista ao invés de ir ela para o seundo turno, deu de bandeja para o Zé Baixaria.

Mas vamos lá, para o Brasil seguir mudando...

sábado, 2 de outubro de 2010

Até que em fim... Pesquisa aponta vitória de Tarso Genro no 1º turno

Parece que a maioria do povo do Rio Grande do Sul está cansada dos mesmos a "governar" o nosso Estado.

A pesquisa do Instituto Methodus (AQUI), encomendada pelo Correio do Povo, indica que o candidato do PT, Tarso Genro, deve ser eleito governador do Rio Grande do Sul neste domingo. Na versão estimulada, Tarso aparece com 51% das intenções de voto, seguido por José Fogaça, do PMDB, com 24,6%, e por Yeda Crusius, do PSDB, com 14,3%. Os indecisos ficam em 4,2%. Considerando-se apenas os votos válidos, quando são excluídos brancos, nulos e indecisos, Tarso tem 54,9%, Fogaça conta com 26,4% e Yeda, 15,3%. A pesquisa ouviu 2 mil pessoas entre os dias 28 e 30 de setembro e está registrada no TSE como 33420/2010 e no TRE-RS como 50562/2010.

Mas não é somete isso...

Dilma, que muitos "jornalistas" diziam que, ela levaria uma lavada do Zé... Também está na frente por aqui.

Este final de campanha trás a perspectiva de mudança. Um novo modelo. É preciso que o próximo faça com que haja desenvolvimento social e econômicodo para todos, tanto  aqui, em nosso estado, como em todo o Brasil, trazendo mais qualide de vida a toda a população, principalmente às populações mais vulneráveis.

A mesma pesquisa Instituto Methodus/Correio do Povo também avaliou a intenção de voto dos gaúchos na eleição para a Presidência da República. Na estimulada, a candidata do PT, Dilma Rousseff, lidera as preferências do eleitorado com 42,4%, seguida por José Serra, do PSDB, que tem 37%, e por Marina Silva, do PV, com 12,3% das intenções de voto. Considerando apenas os votos válidos, Dilma tem 45,8%; Serra, 39,9% e Marina, 13,3%.

Ao se confirmarem estes números, aliadas a eleição, em também provável em primeiro turno, da Dilma à presidência, com a eleição de uma base parlamentar consistente que ela possa dar suporte ao futuro governo, para pode aprofundar as reformas necessárias e alavancar ainda mais o Brasil como uma Nação.

Em minha vida, que eu me lembre... desde época de criança, não lembro de um Brasil tão fortalecido. Em todos os sentidos. Um país democrático, que respeita a liberdade individual e coletiva (até de mais), reconhecido e respeitado em todo o Mundo.

Por isso, vote 13

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Saúde melhora na cidade número um do Bolsa Família: Salvando vidas

Essa matéria é a "bala de prata" que atinge em cheio os que criticam o Bolsa Família.

A elite branca nunca soube o que é fome.

Mas os que por ela passam, ficam fortes e perceverantes frente as dificuldades da vida.

Nada é pior do que a fome.

"A taxa de desnutrição entre crianças de até dois anos de idade despencou em Junco do Maranhão, cidade com menos de quatro mil habitantes do oeste do Maranhão, ao longo da década. Recuou de 30,9% em 2000 para 2,3% em 2008. Responsável pelo Pacto pela Redução da Mortalidade Infantil e Materna, uma das metas dos Objetivos do Milênio das Nações Unidas (ONU), Adson França avalia que a queda revela a eficácia de políticas públicas adotadas no município, entre elas o incentivo ao aleitamento materno e a transferências de renda que permitem um maior consumo de alimentos".


Leia AQUI a matéria do IG.