quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Cheiro de verão... e de Natal



Quem caminha pelas ruas de Porto Alegre nesta época do ano, principalmente nas ruas centrais, sente no ar o exótico perfume dos ligustros (Ligustrum lucidum).

O ligustro é uma árvore originária da China, introdizida no Brasil pelos imigrantes europeus em meados do século XIX e plantada em ruas, avenidas, praças e outros logradouros públicos do Sul e Sudeste. Árvore de rápido crescimento. Raízes superficiais que se adaptam facilmente a diversos ambientes. Não possui restrição de drenagem, adaptando-se em solos bem drenados e úmidos. Como dizem os biólogos, uma praga.

Mas o que me encanta no ligustro é seu perfume que me trás à mente a lembrança da casa de meu avô, da minha infância. Dos natais com toda a familha reunida, tios, tias, primos e primas, esperando os presentes, poucos, mas bem vindos.

Um comentário:

Rolando disse...

Oi. Tudo blz? Estive por aqui. Gostei. Muito interessante. Apareça por lá. Abraços.