quarta-feira, 18 de março de 2009

Governos do PSDB no Brasil: somente corrupção e falcatruas


Não gostaria de escrever isto, mas não há lugar onde o PSDB governa que não haja denúncias de corrupção. Primeiro a cassação do governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB), por crime eleitoral (compra de votos).

Junto a isso, as falcatruas da “ex-governadora em exercício” do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), envolta em um mar de denúncias de corrupção, entre estas a fraude do Detran, desbaratada Pela Polícia Federal na Operação Rodin, que desviou mais de 44 milhões de Reais dos cofres públicos.

Yeda faz o pior governo desde a redemocratização, isso que passaram uns bem ruinzinhos. Autoritária, debocha da inteligência das pessoas, sempre defendida pela mídia sabuja. Seu tal de “déficit zero” vem desmantelando a estrutura do Estado, tirando verbas da Educação, da Saúde e da Segurança, prejudica sobremaneira quem mais precisa: o povo.

Agora, aparece a corrupção do governo José Serra (PSDB), onde seu governo, envolvido com fraudes em licitações, principalmente o envolvimentos de propinas da Alston na construção do Metro de São Paulo. Este caso não é investigado, pois a maioria que Serra possui na Assembléia, barra qualquer iniciativa de CPI pela oposição.

Mas agora, leia (aqui), a demissão do Secretário de Segurança, mostra a venda de cargos dentro da polícia paulista, segundo a Folha (e olha que a Folha é serrista): “Para obter a vaga, os interessados pagariam de R$ 100 mil a R$ 300 mil, além de pagamentos mensais ao ex-secretário. Uma das hipóteses é que os policiais pagavam para ficar em delegacias onde depois poderiam praticar algum crime, como extorsão, e obter lucros”.

Em Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), que governa Minas do Rio de Janeiro, dado as seguidas viagens que faz ao Rio, censurou o acesso dos funcionários da receita estadual, ao site do seu sindicato, devido às críticas que recebeu. Mas teve de voltar atrás, devido a uma liminar da justiça mineira.

Pois é, este é o PSDB, que tem como líder máximo o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o mesmo que entregou o Brasil a troco de banana e criou o Dantas, a quem, em entrevista recente, chamou-o de “brilhante”. É este PSDB que quer “desgovernar” novamente o Brasil.

Acorda Brasil, não deixe isto voltar a acontecer

Um comentário:

César Bento disse...

Nâo bastasse o PSDB estar afundado em falcatruas enquanto fica olhando para o rabo dos outros, o Governo do PSDB de São Paulo consegue a façanha de produzir uma cartilha de geografia eliminando países e trocando a posição de outros.
Essa é a política de educação tucana.