terça-feira, 18 de novembro de 2008

Os monopólios do dinheiro e da palavra


Por Emir Sader

A ditadura militar terminou, porém o Brasil continuou a ser o país mais desigual da América Latina – o continente mais desigual do mundo. Continuamos a ser assim uma ditadura social, em que as mesmas elites se apropriam, de geração a geração, do substancial da riqueza material e simbólica, ao mesmo tempo que ocupam os postos de poder político e ideológico.

A transição da ditadura à democracia foi política, de substituição de um sistema por outro, mas nenhuma reforma substancial promoveu a democratização econômica, social e cultural do país. Ao contrário, desde então o poder do sistema bancário e financeiro só aumentou, da mesma forma que o poder sobre a terra, o mesmo ocorrendo com o monopólio privado da mídia. (Recordemos que o Ministro das Comunicações do primeiro presidente civil foi ACM que consolidou a repartição do sistema de comunicações). Leia mais aqui.

Um comentário:

Filipe Peixoto, disse...

Olá Mario.
Sou aluno de jornalismo da Ufrgs e gostaria de entrevistá-lo referente a uma reportagem sobre controle populacional e planejamento familiar. Vc poderia me passar seu contato por e-mail ou telefone?
Obrigado
Filipe
filipeixoto@gmail.com
9123-8180